Skip to content

Sobre a enfermeira ‘assassina’ do Yorkshire

by Porto on December 16th, 2011

A polêmica rola solta sobre um tal  vídeo de uma moça, dita enfermeira, que maltrata um animal. As reações são tensas, vindas de pessoas que se dizem pacíficas…

A tênue linha da ordem socialA tênue linha da ordem social

Será que não há um “motivo” para essa tal enfermeira ter feito isso com o cachorro (sendo que não há realmente, qualquer justificativa para uma violência!)?! Uma pessoa ordinária, dessas como todos nós, não sai matando cachorros a seu bel prazer, numa psicopatia velada. Deve haver algum embasamento. “Quem sabe o cachorro seja doente, de má formação,” ou então ela, num acesso de raiva, agrediu o animal com mais força e o bichinho machucou-se muito (coluna, pescoço, talvez), ficando inválido. E a moça, na sua curteza de pensamento, pensou em “ter que ‘sacrificá-lo’”. Mas onde isso?! Em casa mesmo, como levá-lo a um veterinário? E ser acusada de maus tratos?! Foi o medo, talvez, que a tenha feito chegar a esse ponto.

Interessante é ver o frenesi insano de ódio a que as pessoas se atiram, simplesmente baseadas em suposições, ou numa análise rápida, polarizada, e incompleta da situação. Viram apenas a cena da morte, mas desconhecem o contexto. Aliás vi o vídeo, e não vi o cachorro morto. Vi cenas de maus tratos, execráveis, o que ainda sim, claro, é muito ruim. Já começa por aí…

Transporto a ideia e imagino que as pessoas que gritaram “SOLTEM BARRABÁS” em vez de “SOLTEM JESUS”, no episódio em que Pilatos lava as mãos, também estavam nesse frenesi apoteótico, onde a percepção cai, o julgamento de valores some, e todos são movidos apenas por impulsos massificados. Quem analisasse todo o contexto, quereria ainda que fosse Barrabás o libertado?! Como agiríamos no lugar daquela enfermeira? Por que se atiram com tanta raiva essas pessoas contra esta mulher?

Vendo essas manifestações é que percebo como o equilíbrio da sociedade é tênue e frágil, e que a situação de paz, pode ser substituída por algo muito perturbador, por coisa pouca. Multidões enraivecidas, destruição, linchamento, perda dos valores democráticos, ou da justiça racional (pela lei de Talião, no olho por olho, dente por dente!).

Poucos são os que realmente estão aptos a serem bons líderes, exemplos ou guias. Sem se deixarem levar pelas paixões do momento, ou pelas análises rasas. Evidente, que o ato de agressão da moça é abominável, agravado ainda pelo fato da agressão ter-se dado em frente a uma criança, um péssimo exemplo para o futuro! Antes das pessoas espumarem de raiva, quem fez o vídeo, espero, que tenha denunciado a moça à polícia por maus tratos a animais (e que ela seja enquadrada nessa situação). Apenas indignar-se repassando um vídeo sem contexto numa rede social, é uma omissão preguiçosa!

A violência nunca será a ferramenta útil para se construir algo melhor no mundo. Nem mesmo contra aqueles que a utilizam para perveter a harmonia da sociedade. Uns dizem ‘ah, mas quando isso lhe atingir, o que você faria? Faria o mesmo!’. É, pode ser, mas antes de mais nada, digo que há de se pensar a respeito. Antes de espumar de raiva!

-------------------
Gostou? Compartilhe!

From → Opinião

31 Comments
  1. marcia permalink

    Vai para cadeia tb seu cúmplice de assassina!!!!

  2. Thiago A. permalink

    Filho, você não tem embasamento para argumentar.
    Quer ser o esquerdista? Quer ser o contra-fluxo das opiniões?

    Seu animal acéfalo, que razões toscas você pensou pra escrever aqui hein?
    “Talvez o animal tivesse má formação” ou “talvez ela no acesso de raiva o machucou” vai a merda meu amigo!

    Abre a porra do olho e larga de ser o do contra, nessas horas você querer ter mente aberta e mostrar-se compreensivo a qualquer opinião só te coloca em situação de mais errado que ela.

    Exemplos toscos, post, tosco..e mais tosco ainda foi eu de ter pesquisado no google e entrado aqui nessa porcaria e perdido meu tempo lendo a sua opinião infame.

  3. Porto permalink

    As razões que utilizei, estão no texto, caso você não tenha conseguido abstraí-las da leitura. O ponto da minha explanação, inclusive, não é esse fato da agressão. A agressão é um fato execrável e injustificável, e deixei isso bem claro!
    O ponto que quis ressaltar é como as pessoas, tranquilas, se transfiguram em seres violentos, chegando a evocar a morte da tal mulher, quando um fato que as contraria acontece. Inclusive esse seu uso do termo ‘animal acéfalo’, totalmente ofensivo e desnecessário, empregado em seu comentário só corrobora minha linha de pensamento, que está delineada em minha postagem. As pessoas, ao serem contrariadas, podem explodir em monstros violentos!
    Não sou do contra meu caro. Leia o texto novamente. Você interpretou todo o conteúdo por uma frase apenas. Não estou indo com a maré, e se você faz isso, lamento, pois terá seu indivíduo dissolvido numa corrente sem opinião, sem mente e sem vida.
    Mas, diferentemente de você, respeito a sua opinião contrária. Nunca vivi para ser unanimidade.
    Apenas repito, a violência dessa mulher é injustificável, e deve ser punida. Não com a morte dela, mas com as sanções legais cabíveis. E espero que isso tenha acontecido.

  4. Porto permalink

    “Cúmplice: Que ou quem participa do delito, do crime de outro. Fig. Que ajuda, favorece.Comparsa.” Em nenhum momento participei do crime, pois sou totalmente contra a violência, sou sim a favor da não violência contra qualquer ser, e dos bons exemplos. E não favoreci o ocorrido uma vez que está claro pela minha exposição que o fato é execrável e vai contra meus princípios.

  5. Juliana permalink

    Nenhum MOTIVO justifica a morte de um ser que nem ao menos pode se defender.

  6. carlos permalink

    A mulher tem tipo de psicopata, na minha opinião, pois não é comum uma pessoa jogar repetidas vezes um animal contra o chão duro até matar. Talvez se ela fivesse feito uma vez apenas, num ataque de fúria, já seria grave, mas se logo após ter tomado consciência da gravidade do seu ato, procurado saber do estado de saúde do cachorrinho, digamos que daria para considerar que fosse uma pessoa mais “normal”. Só que isso não aconteceu ao que parece.

    O curioso é que depois de matar o animal ela parece que não demostrou nenhum arrependimento, simplesmente matou pq o cão era inconveniente, e que ia dormir e tocou um foda-se para quem estava achando aquilo um comportamento delinquente. Foi mais ou menos o que eu vi numa suposta comunicação no seu perfil do facebook.

  7. Gisela permalink

    Nossa! Como as pessoas são estúpidas. A sua opinião é de muita valia nesta situação, concordo contigo e vejo que de maneira nenhuma você enalteceu a atitude da mulher, e nem era esse o ponto de sua explanação.

    Realmente, existe um lapso sensorial na humanidade. Quando se vê um ato de extrema violência a primeira reação é gerar mais violência. Somos seres racionais, porque motivo não utilizar a razão nesta hora? Agredir verbalmente a mulher não resultará em nada! Vi que a Heloísa Helena denunciou ela para o Ministério Público, ótimo!

    Sou franca em lhe dizer que senti raiva desta mulher, pois ela postou no seu twitter que era pro povo brasileiro acordar que ela jamais iria para cadeia. Bom, coitada, ela não entende nada de Direito…

    Enfim, partilho de sua opinião, que não é com xingamentos e atirando pedras em quem erra que o mundo mudará. Apenas fazendo o bem e cumprindo as regras (e leis) que nos foram estabelecidas é que há chances de melhorar nossa sociedade.

    E, sinceramente, não perca seu tempo preocupando-se com os argumentos acima. Estas pessoas são ignorantes demais pra absorver tão evoluído pensamento! Você ama os animais tanto ou mais que eu, sei que jamais defenderia tamanha barbárie cometida por aquela mulher. ;)

  8. Ceiça permalink

    Concordo, Gisela. A atitude execrável, realmente, da enfermeira, foi só o “mote” para que o autor do post abordasse a questão da intolerância. Eu tenho uma york, filhote ainda, e tenho uma filha, já adulta, que não consegue falar do que aconteceu sem chorar. E disse que “se pegasse essa mulher na frente dela não sabe o que faria”. E ela não é violenta de maneira nenhuma. E o que eu falei a ela foi exatasse a mesma coisa: – Minha filha, vc não conhece o contexto em que se verificou a agressão. NADA NO MUNDO justifica o que ela fez, mas pode, pelo menos EXPLICAR. Eu sou do tempo em que se resolvia qualquer coisa, no máximo, com murros. Hoje, uma pessoa nega um cigarro a alguém e recebe uma bala na cabeça. Intolerância demais, fundamentalismo demais, tudo muito preto ou branco – ou as pessoas se omitem totalmente, como nos casos de corrupção, ou querem fazer justiça com as próprias mãos.

  9. Pit bull permalink

    Senhores do “Politicamente correto”.

    Não temos que concordar com a violência com o animal, agora, essa idéia que a revolta das pessoas sôa iguinorância…hahahaha…
    Queria ver se fosse com vocês a extrema violência..hahahaha…queria ver….hahaha
    Barbaárie se combate com barbárie, e pronto!….
    Na frente da criança…pqp.
    Vamos equiparar à violência com um filho de vcs, se é que tem,…puts…virariam monstros com certeza, aí, meus caros, não existe bom senso.
    Sempre que alguém não pode se defender a revolta impéra mesmo, e dependendo do caso, foda-se a justiça legal, faça-se a justiça com as próprias mãos. Tem que queimar no hell.
    Srs. bons senso….kkkkkkkkkk urgh!!!!
    Fdp.

  10. carol permalink

    vc deve ser algum advogado de defesa muuuuuuuuuuuuuito frustrado!!! ou entao gostaria de ser um…. lamentavel sua interpreta;ao diante aos fatos!!

  11. Eduardo permalink

    “Gisela”

    Não é questão de ignorância nem de incapacidade por parte dos outros seres (menos evoluído que vocês 2, como você deixou bem claro). É uma questão de aproveitar a oportunidade e re-discutir a questão da pena quando se trata de maus-tratos a animais. Como você pode constatar, com sua maior capacidade de absorção de evoluídos pensamentos, os abusos a animais vêm crescendo constantemente, muito em função da absoluta irrelevância no que diz respeito a condenações. Estas simplesmente não existem de modo prático.

    Fiz uma referência a esse post no facebook por achar que, ainda que tenha uma ótima intenção, soou um tanto quanto oportunista e completamente fora de hora. Seria (sem comparações entre animal e seres humanos, ainda que o animal seja muito mais puro) o mesmo que querer refletir o que passou na cabeça dos policiais que metralharam mãe e filho dentro do carro aqui no RJ (que a sua capacidade de absorção de evoluidos pensamentos deve ter permitido tomar ciência do ocorrido) logo após o ato bárbaro, ou qualquer coisa do gênero. Nunca incitaria a violência, mas se você não teve seu sangue fervendo na cabeça depois de ver a notícia e resolveu refletir sobre o que pode ter justificado tal ato (ainda que não exista justificativa), você já não sabe o que é ser uma pessoa de verdade.

    O fato é que existem momentos e momentos para determinados comentários. Em meio a comoção geral na internet pela barbárie, pedir para que pensemos no que pode ter levado essa animal a fazer o que fez soa um absurdo. Por isso a reação dos “menos providos de capacidade intelectual e evolução”, ou “estúpidos” como você explicitou.

    Aproveitem (os 2) toda essa capacidade intelectual para mobilizar mudanças nas leis que regem tal crime e aí vocês terão feito algo de prático e interessante, já que a politica é apenas citar personagens bíblicos ou bom samaritanismo dizendo que “não é jogando pedras em quem erra que o mundo mudará”.

    Vou finalizar dizendo que achei teu comentário extremamente preconceituoso e arrogante. Classe no vocabulário e idéias compassivas e fraternas eu também tenho.

    Quanto a verdadeira animal da questão, a assassina, ela vai colher o que plantou. Nosso Mestre já dizia: a semeadura é opcional, a colheita é obrigatória.

    Desce no salto porque você ainda não tá no céu.

  12. João permalink

    Porto,
    como alguém falou acima, você gosta do contra-fluxo, não é? Pessoas como você não acrescentam em nada e só querem chamar a atenção. É uma pena você ter perdido o seu tempo escrevendo esse texto esdrúxulo e eu ter perdido o meu lendo-o.

    Vox populi, vox Dei

  13. DEBORA permalink

    bah, sem comentários, mas eu só queria ver se ela iria ter esse suposto ataque, com um pit bull, ela é uma covarde…e ainda por cima fez o que fez na frente do filho, bah…
    acredito que as pessoas devem sim PAGAR pelos seus erros…e ponto, senão vai virar rotina e um dia não vão ser os cachooros que vão ser espancados e enterrados vivos, amanhapode ser o seu filho…irmão e etc..
    vamos refletir…
    assassinato é assassinato e pronto…ela somente mostrou que não tem a minima noção do perigo, pqcom tudo isso expos toda a sua flía, destruiu a sua vida. o cãozinho com certeza deve estar melhor agora, pois parou de sofre aos inumeros maltratos, pois com certeza não deve ter sido o primeiro sofrimento e maltrato…

    ASSASSINA. TÁ STRESSADA, VAI PESCAR, ROE AS UNHAS, SEI LÁ VAI FAZER COMPRAS, MAS NÃO FAZER O QUE FEZ, E AINDA MAIS NA FRETE DE UMA CRIANÇA, QUE EXEMPLO, CREDOOOOO…

  14. ANA permalink

    Você é louco???? Algúem que mata tem que ter justificativa para isso???
    Acho que ela e você compartilham da mesma opinião então! NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA ASSASSINATO! NÃO HÁ! SE ELA TIVESSE MATADO SEU FILHO OU SEU PAI QUERIA VER VOCÊ DEFENDER!
    Se ela acha que o cachorro da trabalho e nao o quer mais ela poderia ter dado ele a alguem! Tenho PLENA certeza de que muitos iriam querer o cachorrinho e iriam ama-lo com uma pessoa de verdade faz! QUEM FAZ ESSE TIPO DE COISA IGUAL ESSE MONTRO FEZ NÃO PODE SER CHAMADA DE PESSOA! ELA É UMA ASSASSINA!!!!!
    Todos que são humanos ao verem essa cena terão raiva e vontade de fazer a mesma coisa que essa assassina fez mas não o farão porque são humanos! Sentimentos todos nós temos sejam bons ou ruins o que define cada um é a capacidade de raciocinar e saber que não devemos colocar alguns dos nossos sentimentos em prática! Isso que teoricamente nos diferencia dos animais! TEORICAMENTE pois, depois de ver o vídeo vemos claramente que não somos seres racionais na totalidade! Muitos de nossa espécie ainda não desenvolveram tal capacidade encefálica!

    Justiça seja feita e já! Cadeia para a assassina antes que ela entre em uma crise de ódio e mate o próprio filho! JUSTIÇA

  15. vera Lúcia permalink

    Sabe a razão das pessoas continuarem a matança e os mal tratos contra pessoas e animais? É por causa de gente como você, que numa reação insana, muito pior que os “frenesis” de todos, tentam justificar a violência. Você viu o vídeo? O espancamento de um animal que talvez não tivesse 2 kg, e as vistas de uma criança de três anos? Se o povo não cobrar, tudo vai continuar do jeito que está. Dias desses arrancaram o fucinho de um cãozinho de quatro meses…E as mulheres, crianças, todos os dias sendo violentadas? Tem justificativas?
    Quero ser voz em um país omisso, onde aprendemos a nos conformar com tudo. Democracia não é isso…
    Isso é conformismo e omissão.Só em essa mulher ter dificuldades em sair as ruas, já é alguma coisa…Pensará duas vezes antes de fazer isso de novo.

  16. FERNANDA permalink

    PORTO, entendi o q vc quis dizer, acredito que em um momento de raiva pensamos em justiça com as proprias mãos, mesmo sabendo que não chegaríamos a tal ponto, o que essa LOUCA fez não tem justificativa, mas como vivemos em um país em que ninguem paga pelos seus atos, como esperar que a justiça ensine ela a ter HUMANIDADE, se os direitos dos animais fosse cumprido como é em outros países acredito que ela teria pensado antes de matar com requintes de crueldade o probre cachorro, mas é exatamente essa a questão, todos os dias aparecem fotos e videos de CRUELDADES pois esses criminosos sabem da IMPUNIDADE, e o que nós simples mortais podemos fazer é divulgar o máximo possivel para que as crueldades cheguem as redes de televisão e as autoridades se obriguem a tomar uma posição mais FIRME antes que a situação se torne incontrolável.

    Não acho necessário q as pessoas façam justiça com as proprias mãos, mas a internet é uma ferramenta essencial para pedir um pouco de JUSTIÇA, PAZ E HUMANIDADE.

    Tenho uma linda poodle que abracei muito após ver o vídeo, acho que como um tipo de conforto por não poder fazer nada pela cachorrinha que morreu, chamei meu filho de 3 anos e disse a ele: ” FILHO, VC DEVE SEMPRE PROTEGER E ZELAR PELO BEM ESTAR DOS ANIMAIS, ELES SÓ PODEM CONTAR COM VC”, foi o que pude passar a ele com muito amor.

    Vou rezar muito para que a filha dessa enfermeira nunca volte a fazer o que o exemplo de mãe a ensinou, e torcer para que justiça seja feita por um Juiz e não por alguem tomado pela raiva.

    Fiquem com Deus
    Fernanda

  17. vera Lúcia permalink

    Você fala que chegam a desejar a morte da tal mulher…Eu, de coração não desejo. Mas será se ela fizesse isso com um filho seu, exemplificando, ou o meu filho, pensaríamos deste mesmo jeito? Uma coisa eu digo: Creio na lei do retorno que é a que a Palavra de Deus nos ensina: Tudo que plantarmos certamente colheremos.
    Essa mulher não é do BEM, é do MAL. Na reportagem na RECORD, disse que de acordo com a mulher, ela estava em um mal dia…Nossa!!Já pensou num dia mal desses, ela fazer o mesmo com o filhinho? Tomara que ela passe natal e ano novo sem poder sair de casa. Se eu morasse em Goiânia, levantaria o povo de lá e faria uma manifestação contra ela.
    Não dá mais pra viver em um pais que todos acham uma explicação pra tudo, como você, mas não acham solução. Tudo hipócrita!!
    Ao invés de explicar, poste uma solução, já que “frenesis” não tem resolvido.

  18. lane permalink

    As imagens falam por si!!
    Nao tem defesa, essa mulher tem que pagar muito caro pelo que fez.
    E deve perder a guarda da crianca que esta em perigo ou de ser a proxima vitima da mae ou de crescer seguindo o seu exemplo.
    Se ela fez isso com um caozinho indefeso,que nao fala,nao grita,nao responde,imaginem o que pode fazer com uma crianca,que berra,faz bagunca,desobedece,enfim da mais trabalho que um cachorro!
    uma psicopata e voce que fez esse texto saiba que voce sim esta gerando mais violencia com essa sua atitude pasiva diante de tal agressao,nao tem justificativa diante de tal crueldade e ponto.

  19. yarodara lambru permalink

    Meu caro,

    pelo jeito voce não gosta de animas, pois a cena que todos nós vimos nada mais é que um assassinato sim.

    Essa mulher tanto é uma assassina, que vai responder pois dois crimes, além de maus tratos, e esse é um crime ambintal, vai responder a outro crime, que foi de expor ao filho ou filha menor ao contrangimento de tanta violencia.

    Não venha falar tantas besteiras, o que todos querem justamente é que essa mulher responda por seus crimes.

    Quanto a manifestaçao insana de todos que se manifestaram contra essa criatura é muito compreensível, pois todos tem o direito de se indignar pois nem um animal faz o que ela fez,

    Os bichos são mais civilizados que nós, matam para se defender, ou para comer.

    Da próxima vez que se manifestar, pense direito antes de escrever bestera, a propósito o animal morreiu.

  20. Luciane permalink

    Não concordo em se fazer justiça com as próprias mãos. Muito menos um ser dotado de amor, inteligência como você, querer justificar um ato tão insano. Nunca será justificável a tortura por invalidez, jamais por ela ter problemas mentais. Acorda! Isso não é justificável. Se quer utilizar palavras “bonitas” para fazer as pessoas terem “mente aberta” tira a bunda dessa cadeira, e entre em uma comunidade para defender seres indefesos de atos desumanos, ao invés de usar de sua “tamanha inteligência” para fazer pouco caso de uma situção tão triste.
    “QUEM NÃO CASTIGA O MAL, ORDENA QUE ELE SE FAÇA” – LEONARDO DA VINCI.

  21. Luciane permalink

    ” A compaixão pelos animais, está intimamente ligada a bondade de CARÁTER, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais, não pode ser um bom homem.” – Arthur Schopenhauer

    ” Enquanto os homens massacrarem os animais, eles se matarão uns aos outros, aquele que semeia a morte e o sofrimento, não pode colher alegria e amor” – Pitágoras

    ” A vida é valor absoluto. Não existe vida maior ou menor, inferior ou superior. Engana-se quem mata ou subjuga um animal por julgá-lo um ser inferior, Diante da consciência que abriga a essência da vida, o crime é o mesmo” – Olympia Salete

    ” Qd o homem aprender a amar e a repeitar até o menos ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante” – Albert Scheweitzer

    ” As crueldades que os animais sofrem pelas mãos dos homens estão além da nossa compreensão. Por favor, ajude a parar com essa loucura” – Richard Gere

    ” O JUSTO OLHA PELA VIDA DOS SEUS ANIMAIS” – BÍBLIA – PROVÉRBIOS 12:10

    ” A razão de eu amar tanto o meu cachorro, é porque qd eu chego em casa, ele é o único no mundo que me trata como se eu fosse o Beatles” – Bill Maher

    ‘Chegará um tempo em que o homem conhecerá o íntimo de um animal, e nesse dia todo crime contra um animal, será crime contra a humanidade” – Leonardo da Vinci

  22. Ruan carlo permalink

    Pois é espumando de raiva que afirmo querer essa assassina sádica e cruel, linchada em praça pública. NADA justifica o que essa psicopata fez. Não entenderam ainda que essa coisa que se diz enfermeira além de matar se julga inatingível e zomba das pessoas de bem dizendo estar tranquila e feliz? E que não vai dar nada não… Pelo amor de Deus!!!! Eu quero mais é ver essa mulher morta. De preferência toturada com requintes de crueldade. Despertou nas pessoas o pior dos sentimentos. A Ira! Ela só pode ser enviada do coisa ruim para deixar um país inteiro em pecado, desejando o mal ao próximo.

  23. Gisela,

    Você disse que a enfermeira não sabe nada de Direito, mas você, com tão evoluído pensamento, não se informou muito não é?!

    A Lei 9605 disciplina que o crime de maus tratos contra animais será punido em ATÉ um ano. Quando resulta na morte do animal, sendo então crime qualificado, aumenta-se em ATÉ quatro meses. Portanto, essa mulher PODERIA ser condenada com a pena máxima de 1 ano e 4 meses. Mesmo assim ela teria o direito de converter a pena privativa de liberdade em restritiva de direitos, ou seja, PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COMUNITÁRIOS E/OU PECUNIÁRIA.

    Portanto Gisela, essa mulher sabe mais de Direito do que você, pois ela acertou quando disse que NÃO vai para a cadeia. Triste, não é mesmo?!

    Porto,

    Primeiro: Você quis dizer MOTIVAÇÃO ao invés de JUSTIFICATIVA? Todo crime tem uma motivação mas nem todas o justificam. Seria isso?

    Segundo: “quem sabe o animal seja doente ou de má formação”? Que exemplo infame! Assim, se fosse um bebê com má formação poderíamos bater nele até a morte para acabar com o seu sofrimento e vocês aceitariam?!

    Quarto: você acha que essa mulher está sendo injustiçada?
    Existe um VÍDEO do crime que ela cometeu. Se está claro quanto a autoria do crime, você quer saber mais o que sobre o ato?
    A motivação? E de que importa a motivação para um crime assim? Está claro que não foi legítima defesa, estado de necessidade ou estrito cumprimento do dever legal haha! Para mim estas são as justificativas plausiveis, mas é impossível que tenha ocorrido uma dessas nesse caso. Portanto, ela DEVE ser punida SIM e isso só por ter visto o vídeo, sem saber MAIS NADA sobre o fato.

    Quinto: quando ela publicou esse vídeo na internet ela esperava ser aplaudida? Não.
    Talvez a indignação da sociedade e a revolta que o povo demonstrou sirva de lição para ela. Acredito que depois de tudo o que ela ouviu e leu ela nunca mais vai tocar num animal novamente. E isso talvez sirva de exemplo para outros criminosos. Sinceramente? Fico feliz com isso.

    Concordo plenamente com o comentário do caro Eduardo. Vocês deveriam, ao invés de perder tempo produzindo um post tão infeliz com comentários tão infelizes, fazer algo ÚTIL para a sociedade.
    Poderiam começar com o tema de educação ambiental, orientando as pessoas sobre como proceder em casos do gênero. Poderiam cobrar atitudes sérias dos políticos de suas cidades, ou cobrar dos deputados e senadores a alteração dessa legislação ambiental ineficaz e até mesmo cobrar do poder público da cidade de Formosa – GO, providências a respeito desse crime, que é o que EU estou tentando fazer.

    Me desculpem meus caros, mas vocês não passam de um bando de HIPÓCRITAS INFELIZES.

  24. vera Lúcia permalink

    Essa Camila é uma miserável, desgraçada, pobre e nua. Totalmente desprovida da graça de Deus…Se eu estivesse no lugar dela me enfiava dentro de um buraco, para nunca mais sair. De medo de ser linchada? não…de vergonha…Ganhou má fama nacional por vencer aluta de um ser que provavelmente não tinha dois Kg…Que triste!!

  25. Daniela permalink

    Violência gera violência a partir do momento em que não existem leis!
    Compreendi perfeitamente o que você quis dizer no texto e concordo até certo ponto. Só que Infelizmente não podemos cobrar ou julgar as pessoas que desejaram a morte dessa mulher porque essa revolta é gerada pela falta de ORDEM, pela falta de LEIS.
    Se houvesse punição severa para todos os casos, nós animais racionais, tentaríamos nos moldar e quem não conseguisse seria punido de forma efetiva para nunca mais cometer o mesmo ato e serviria de exemplo para os outros.
    Do jeito que as punições andam no Brasil só nos resta revolta e colocar um nariz de PALHAÇO. Como a impunidade está em alta, o natural é desejar o pior para o que nos afronta.

  26. Porto permalink

    Daniela, andei analisando essa questão da impunidade também. Acredito que um tanto dessas manisfestações de ódio estejam mesmo ligadas à ideia de que nada acontecerá a essa mulher, e que isso ocorrendo quotidianamente, acabe por criar (se já não existe) a cultura da impunidade. O problema nem vejo em ser necessariamente a falta de ordem, ou de leis, visto que leis, com certeza, temos muitas (já ordem, podemos discutir, não é?!). O problema mesmo é que as leis não são cumpridas. O povo deveria, em vez de falar em matá-la, conhecer/buscar quais artigos legais podem ser utilizados para enquadrar uma sujeita dessas e cobrar a punição devida dentro das sanções legais, diretamente com as autoridades (e não passando trote para a casa da mulher)! E isso deveria se estender a tantos outros casos de desmandos por esse nosso país, na questão ambiental, educacional, da corrupção e falta de moralidade no trato político. Tenho fé que as pessoas aprenderão a canalizar essa raiva para algo construtivo, diferenciado e novo. Violência sem razão é a semente do caos. Que bom que você me compreendeu, ótima a sua contribuição na discussão. Abraço.

  27. Carla permalink

    QUAL EH O SEU PROBLEMA???? Voce eh que esta totalmente mal informado e quer tentar justificar a atitude desse MONSTRO?!!!! E quer se achar um ser superior com o direito de criticar uma reacao mais que natural a um ato barbaro de tamanha crueldade contra um ser inocente! Vc indaga se naum tem um motivo por traz da agrecao? Se o cachorro naum tem uma ma formacao por exemplo?? Isso la eh justificativa???? Se vc considera isso normal vc eh um PSICOPATA, assim como ela!!!!! Eh por isso que nossa sociedade esta assim! Eh esse tipo de pensamento que gera essa certeza de impunidade que estimula essas pessoas doentes a cometer tais atos!!! Nao sou a favor de justica com as proprias maos, mas essa criatura merece sim todos os xingamentos e ataques verbais! Ela tem que ir pra CADEIA! Precisa aprender q suas acoes tem consequencias, e ela tem q pagar pelo que faz. Isso chama-se RESPONSABILIDADE!

  28. TamaraLis permalink

    Pessoal o que o porto esta querendo dizer q vcs estao querendo fazer justiçacom injustiça..porqse vcs querem a mmorte dela estao agindo quase como elacom maldade..ela merece punição sim so que dentro da lei..A morte p ela so mostraria que o que ela fezé correto ..temos q quererjustiça sim nao sermos tolos eagir Contra as leis de Deus.

  29. Kham permalink

    Nem saber argumentare explanar suas ideis de form clara
    Quem é vc pra incluir JESUS CRISTO, neste pronunciamento RASTEIRO sem fundamentos, até parece que vc está drogado, bêbado.
    ou será que vc não é o mentor intelectual dela?
    Assista o vídeo com as cenas editadas no link abaixo, seu babaca, quem sabe ainda resta um pouco de sensbilidade neste medíocre ser que és, e caia a ficha da barbárie que esta monstro sem o menor senso de compaixão, e caráter cometeu contra um animalzinho indefeso, Totalmente incapaz de se defender. Ela teve sorte de eu não ser o vizinho dela, senão eu mesmo arrombaria porta da casa dela e salvaria o pobrezinho, e daria voz de prisão a ela.
    link das cenas
    http://youtu.be/QAPsIkRiPg8
    link da personalidade psicopata dela
    http://youtu.be/u-cciBLzmlc

    SE VOCES NÃO SABEM, QUALQUER CIDADÃO BRASILEIRO, MAIOR, PODE PRENDER E DAR VOZ DE PRISÃO ENQUANTO AS AUTORIDADES NÃO ESTIVEREM PRESENTE.
    Vejam como fazer num breve comentário com especialista abaixo:
    O flagrante é uma espécie de prisão que pode ser realizada não só pela autoridade policial, mas por qualquer cidadão.
    É isso mesmo! De acordo com a legislação brasileira, qualquer pessoa pode dar voz de prisão quando perceber que um crime está sendo praticado.
    Não é necessária a presença de uma autoridade policial, já que é um direito do cidadão zelar pela manutenção da ordem.
    Mas cuidado para não correr riscos impensados.
    Fonte: Código de Processo Penal – Art. 301
    Informação de utilidade pública assinada pelo advogado Thiago Lauria, consultor jurídico do projeto JurisWay.
    Informações complementares
    A chamada “prisão civil” existe é um direito garantido pela nossa constituição.
    Um civil sozinho não pode fazê-lo. Para a “prisão civil” ser válida é preciso pelo menos 2 ou mais cidadãos.
    CIVIL NÃO PODE DAR VOZ DE PRISÃO À UM MILITAR.
    Com ela nada vai acontecer se depender dessa coisa que chamam de “lei” neste país, a não ser hipócritas cestas básicas.
    O alvo da sociedade agora, deve ser uma pressão forte sobre essses magistrados e políticos que ficam de tralálá, e não querem saber de mudar “leis idiotas” e que já não servem para nada, a não ser para uso utópico de engenharia social beligerante, um verdadeira arma de iludir a população indouta.

  30. Christina permalink

    Eu não entendo esse povo que maltrata animais, chega a dar medo do que o ser humano é capaz de fazer. Essa mulher tem alma de assassina, é um monstro sem sentimentos por baixo do ser humano que ela é. Fico muito triste, muito mesmo e chego até a chorar por ver tamanha crueldade. E se eu pudesse salvar todos os animais desse mundo…A realidade é muito dolorosa e cruel para esses seres de Deus. NADA justifica o que ela fez e as pessoas têm todo o direito de se revoltar, não podemos ficar calados.

  31. mauriceia de -recife permalink

    Essa assacina do cão lindo deveria pelo menus ter o castigo do mesmo jeito q ela fez com o cão! queria muito q a justiça foce sim feita, pessoas assim deveria ser tratadas como ela merecem, que ela nao passe na minha frente pq não sei do que sou capaz! meu Deus faça justiça com essa maldita o cão não merecia isso! fico triste so em penssa que ele era indefeso e ela fez aquilo tudo, maldita,desgraçada,rapariga, etc
    haa como queria me encontrar com ela! mas deixo nas mão de Deus.

Leave a Reply

Note: XHTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to this comment feed via RSS

(function (tos) { window.setInterval(function () { tos = (function (t) { return t[0] == 50 ? (parseInt(t[1]) + 1) + ':00' : (t[1] || '0') + ':' + (parseInt(t[0]) + 10); })(tos.split(':').reverse()); window.pageTracker ? pageTracker._trackEvent('Time', 'Log', tos) : _gaq.push(['_trackEvent', 'Time', 'Log', tos]); }, 10000); })('00');